.RESUMOS DOS TITULOS

. A NOSSA GARRAFEIRA TEM TU...

. VENHA NOS VISITAR

. ...

. OS NOSSOS VINHOS EM PROMO...

. SABE O QUE É UM PORTO LBV...

. DO YOU WANT TO KNOW ALL A...

. SABIA QUE O VINHO DO PORT...

. ESTAMOS NA RUA DAS FLORES...

. ONDE ESTAMOS???NAO SABE??...

. TEMOS O MELHOR VINHO PORT...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Novembro 2010

. Janeiro 2010

. Agosto 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Sexta-feira, 27 de Julho de 2007
TEMOS O MELHOR VINHO PORTUGUES E UM DOS MELHORES DO MUNDO...
Barca Velha 1999

Lançamento anunciado há meses, a Sogrape liberta finalmente o mais emblemático dos rótulos nacionais! E que mais se pode dizer do Barca Velha? Que foi o 1º grande vinho de mesa do Douro, já todos sabem. Das vicissitudes da sua criação por Fernando Nicolau de Almeida, também já muito se falou. Que desde o primeiro até este conta 15 edições, ou seja, em mais de meio século apenas 15 vinhos - 1952, 53, 54, 57, 64, 65, 66, 78, 81, 82, 83, 85, 91, 95 e 99 - é a prova da sua excepcionalidade. Que ajuda a explicar o mito!

Mas, além das peripécias mil vezes contadas, interessa reter que em toda essa história o vinho teve apenas 2 equipas técnicas na sua elaboração. O que lhe deu uma constância de estilo única. Acontece porém que, na última década, esse estilo incontestado viu-se confrontado com uma nova vaga de grandes vinhos. Para piorar, a marca perdeu ainda a Quinta que a viu nascer (Meão). Resultado, para a nova geração de apreciadores, formada à sombra da revolução duriense, aquele estilo sofria com a comparação. E a Sogrape sabia-o.

Ora, se alguém dispunha dos meios - capital, tempo, "know-how" - para devolver o brilho ao Barca Velha, era o maior grupo português. E foi o que o enólogo José Maria Soares Franco e a sua equipa fizeram, desde o início, na Quinta da Leda. Da vinha à adega, estudando, aplicando e desenvolvendo o que sempre faltou no Douro: as coordenadas científicas para um real conhecimento da planta e perfeito domínio da fruta (por castas, altitudes, exposição, etc.). Trabalho moroso, nada mediático, mas indispensável para chegar ao melhor vinho. Para resolver, por exemplo, a equação maturação/acidez com uvas da mesma casta mas de diferentes altitudes, nas percentagens adequadas a cada colheita. Variantes que, acreditem, ninguém em Portugal terá aprofundado como a Sogrape o fez em Almendra. Sendo este o primeiro expoente de tal esforço. Acabou, por exemplo, a predominãncia de Tinta Roriz. Mas, enquanto vinho, para nós, ganha em tudo aos anteriores. Sem rodeios: o melhor Barca Velha de todos!
publicado por GARRAFEIRA DIASMENEZES,LDA às 19:36
link do post | comentar | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
.subscrever feeds